sexta-feira, 3 de junho de 2016

   Para mim a demissão de quadros clínicos do SESARAM diz muito sobre a gestão do Governo Regional, não basta assumir as culpas, tem que haver soluções rápidas e eficazes. Aquilo que se verifica atualmente na Saúde é uma autêntica vergonha e uma afronta aos utentes, já para não falar de todas as outras implicações gravíssimas que esta situação acarreta.
  
Há por aí meia dúzia de iluminados que tentam desesperadamente tapar o sol com a peneira, felizmente, contra factos não há argumentos e aquilo que tem vindo a público, quer por parte de forças política, quer por parte dos próprios trabalhadores do setor bem como da população em geral, não deixam margem para dúvidas, a saúde está a entrar num profundo retrocesso com implicações para as pessoas de uma categoria que nem quero pensar.

Falta de tudo nos serviços, profissionais, equipamentos, higiene, condições nas infraestruturas medicação (isto para mim então é mesmo de bradar aos céus) e outras tantas coisas que me fazem pensar que só nos podem estar a tomar como palhaços, sim, porque só num país de terceiro mundo, ainda que injustificável, se consentem faltas e falhas destas.

  Este Secretário está completamente a leste da situação ou no pior dos casos, FINGE estar a leste, ele sabe, sabe ele e sabe toda á gente.

Quando se perde o respeito e a noção de seriedade acho que posturas, lugares e cargos devem ser repensados, temo que cheguemos a uma situação de rutura onde os únicos prejudicados serão os utentes, vai-nos valendo um ou outro partido que vai pressionando, exigindo, e bem, respostas de quem tem medo de dizer a verdade, quem assobia para o lado, quem ainda não cumpriu aquilo que prometeu numas eleições que já vão longínquas.

Sempre ouvi dizer que com a Saúde não se brinca, mas neste momento há quem vá mais longe e faça dela uma arma de arremesso, um torneio de ténis, um conflito de interesses e essa gente deve pensar bem se reúne as condições de manter-se onde está, é inqualificável aquilo que estão a fazer ao setor da Saúde e ainda mais inqualificável a postura de quem nos representa face aos problemas, a inercia e a ineficácia de quem nem deveria dormir enquanto todas estas situações não fossem regularizadas.

As pessoas fartam-se de descontar para usufruir desta vergonha a quem chamam Saúde, tenham vergonha!


Andreia Gouveia 

Sem comentários:

Enviar um comentário